Radio Atlântida

terça, 03 dezembro 2019 15:21

Precariedade laboral está a aumentar nos Açores, denuncia sindicato

O Sindicato das Indústrias Transformadoras, Alimentação, Comércio e Escritórios, Hotelaria e Turismo dos Açores (SITACEHT/Açores) denunciou que “a precariedade laboral está a aumentar de ano para ano, uma vez que o emprego criado é cada vez mais precário”.

Vítor Silva, coordenador da estrutura sindical, falava, esta terça-feira, em Ponta Delgada, no âmbito da semana contra a precariedade que está a decorrer desde segunda-feira em todo o território nacional. 

 

“Os contratos precários atingiam 23,4 mil trabalhadores no 2.º semestre de 2019. Em 2015, por exemplo, eram 18,5 mil e 21,2%”, adiantou o dirigente sindical, revelando que “só no último ano, os contratos não permanentes aumentaram 0,5% com a percentagem de trabalhadores com vínculos precários a crescer de 23,4% para 23,9% no mesmo período”. Vítor Silva refere, ainda, que “na nossa região, existem pessoas que sobrevivem, há anos, neste autêntico carrossel da precariedade, em estágios não renumerados; cursos de formação profissional; estágios profissionais; programas ocupacionais; desemprego, entre outros”. O coordenador do SITACEHT afirma que “a precariedade laboral é um vergonhoso atentado aos direitos básicos, um terrível flagelo, uma infame praga social, que atinge, atualmente, nesta região, milhares de trabalhadores, sobretudo, jovens e mulheres”. 

  

Vítor Silva diz, ainda, que para o SITACEHT/Açores “o aumento da precariedade pode estar relacionado com o tipo de atividades em ascensão na região”, nomeadamente “o comércio, os serviços e o turismo”, mas, também, “se deve ao desrespeito do patronato, relativamente à legislação laboral”. 

 

O sindicalista revela, também, que, desde o início deste ano e até ao final de setembro, foram detetados pela Inspeção Regional do Trabalho (IRT), “794 trabalhadores irregulares, ultrapassando já em mais de 100 situações o número verificado durante todo o ano de 2018”. 

 

O coordenador daquela força sindical refere que, se este acréscimo significativo da precariedade laboral nos Açores se mantiver ou se acentuar, haverá “um novo aumento do desemprego na região, bem como um agravamento das condições de trabalho e uma perda de poder de compra por parte dos trabalhadores açorianos e, como consequência, ainda mais pobreza e exclusão social”. 

 

Para que esta situação não aconteça, Vítor Silva apresentou algumas soluções. 

 

 “Para o SITACEHT/Açores, a solução passa, incontornavelmente, por aumentar as qualificações dos açorianos desempregados, por melhorar as suas possibilidades de conseguir um emprego através da formação profissional de qualidade certificada”, revelou o sindicalista. Vítor Silva salientou, ainda, que “os estágios e os programas de formação têm de ter conteúdos pedagógicos na realidade e não apenas no papel do seu projeto de candidatura”, afirmando que “esta é uma questão central”. O coordenador do SITACEHT/Açores sugeriu que “muitos dos programas existentes devem ser alterados para incluir essa exigência”. 

 

Fiscalização mais atuante e presente da IRT; fim à subsidiação do trabalho precário e da rotação de trabalhadores; necessidade de programas de estímulo às empresas para que tenham uma exigência de responsabilidade social e de boas práticas para com os trabalhadores são outras das soluções apresentadas pelo coordenador sindical. 

 

Vítor Silva afirma, ainda, que é “urgente que na região se faça uma rutura com o modelo de baixos salários e trabalho precário que acentuam as desigualdades, promovem o assédio moral e condicionam a organização da vida pessoal e familiar”. 

 

Informação Adicional

  • Fonte: Rádio Atlântida
 

 

Destaques

  • 1
  • 2
  • 3
 

Top Atlântida

1. MAROON 5
Girls Like You
2. DAVID GUETTA feat. SIA
Flames
3. IMAGINE DRAGONS
Natural
4. LADY GAGA feat. BRADLEY COOPER
Shallow
5. CALVIN HARRIS feat. SAM SMITH
Promises
6. CHEAT CODES feat. LITTLE MIX
Only You
7. LAUV
I like me better
8. TOM WALKER
Leave a light on
9. FREYA RIDINGS
Lost Without You
10. VITOR KLEY
O Sol

Últimas Notícias

 

Live Cam

Inquérito Atlântida

Já alguma vez doou sangue?

 

Pedido de Informações:

Contactos:

  (+351) 296201910
    (+351) 917209720
    (+351) 963232222
  geral@radioatlantida.net

Morada:

Rua Bento José Morais
nº23, Andar: 5º Sul
9500-772 Ponta Delgada
São Miguel – Açores