Radio Atlântida

quarta, 16 outubro 2019 15:09

Governo dos Açores vai envolver organizações de produtores no plano de ação da agricultura e florestas para as alterações climáticas, anuncia João Ponte

O Secretário Regional da Agricultura e Florestas anunciou hoje, em São Miguel, a criação de um grupo de trabalho, envolvendo as organizações de produtores, tendo em vista a elaboração de um plano de ação específico da agricultura e florestas para as alterações climáticas nos Açores.

 

“Pretendemos ter nos Açores um plano de ação que ajude a reduzir as emissões de GEE (gases com efeito de estufa) e, ao mesmo tempo, melhore a eficiência das explorações agrícolas e reforce a segurança alimentar”, afirmou João Ponte, que falava na abertura do workshop 'Importância da Agricultura na Alimentação', organizado pela Associação Agrícola de São Miguel, no Dia Mundial da Alimentação.

 

Após a criação de um grupo de trabalho técnico que apresentou um conjunto de contributos que a agricultura e as florestas poderão dar para a Neutralidade Carbónica 2050, o governante revelou que se pretende agora alargar a discussão num patamar mais político, envolvendo decisores e organizações de produtores.

   

João Ponte destacou que essa discussão terá como missão o desenvolvimento de um plano de ação da agricultura e florestas para as alterações climáticas, integrando, desde logo, as medidas do Plano Regional para as Alterações Climáticas e alinhado com a Política Agrícola Comum para o próximo período 2021- 2027.

 

Para o Secretário Regional, se a agricultura é parte do problema quando se fala em alterações climáticas, também é parte da solução, lembrando que um terço do território é floresta e as pastagens ocupam mais de 90% da superfície agrícola útil do arquipélago.

 

João Ponte frisou que as preocupações ambientais estão no centro das políticas regionais e, apenas desde o início do atual Quadro Comunitário de Apoio, quase 50% das ajudas do 2.º Pilar, referentes às políticas de desenvolvimento rural, foram afetas aos compromissos assumidos pelos agricultores em medidas agroambientais, clima, extensificação da pecuária ou até na agricultura biológica.

 

O Secretário Regional defendeu que a forma de reduzir a pegada ambiental é produzir local e consumir local, sendo importante sensibilizar os consumidores para optarem por produtos regionais.

 

“Com este objetivo lançamos no último ano um conjunto de 'spots' de sensibilização e gostaria de anunciar que estamos a ultimar mais sete mini-filmes, com duração de dois minutos cada, que serão divulgados ao longo do próximo ano na RTP/Açores e nas redes sociais”, adiantou João Ponte, acrescentando que o objetivo é esclarecer e apelar ao consumo das produções regionais, como, por exemplo, os derivados do leite.

 

Numa fase em que a população mundial continua a crescer e as necessidades alimentares são cada vez maiores, João Ponte considerou que, “para não falharmos na alimentação, não poderemos nunca falhar na agricultura”.

 

Nesse sentido, salientou que é necessário prosseguir o caminho trilhado até agora de aposta no conhecimento, na inovação, em novas práticas agrícolas, bem como na modernização das infraestruturas agrícolas para que “os Açores se continuem a afirmar como região de excelência na produção de leite, de carne e de outros produtos na área da diversificação agrícola”.

Informação Adicional

  • Fonte: Gacs
 

 

Destaques

  • 1
  • 2
  • 3
 

Top Atlântida

1. MAROON 5
Girls Like You
2. DAVID GUETTA feat. SIA
Flames
3. IMAGINE DRAGONS
Natural
4. LADY GAGA feat. BRADLEY COOPER
Shallow
5. CALVIN HARRIS feat. SAM SMITH
Promises
6. CHEAT CODES feat. LITTLE MIX
Only You
7. LAUV
I like me better
8. TOM WALKER
Leave a light on
9. FREYA RIDINGS
Lost Without You
10. VITOR KLEY
O Sol

Últimas Notícias

 

Live Cam

Inquérito Atlântida

Já alguma vez doou sangue?

 

Pedido de Informações:

Contactos:

  (+351) 296201910
    (+351) 917209720
    (+351) 963232222
  geral@radioatlantida.net

Morada:

Rua Bento José Morais
nº23, Andar: 5º Sul
9500-772 Ponta Delgada
São Miguel – Açores