Radio Atlântida

sexta, 12 abril 2019 09:31

Marta Guerreiro afirma que turismo gera riqueza e emprego que chega “cada vez mais a famílias que têm sabido aproveitar a dinâmica desta atividade”

Marta Guerreiro afirma que turismo gera riqueza e emprego que chega “cada vez mais a famílias que têm sabido aproveitar a dinâmica desta atividade” Gacs

A Secretária Regional da Energia, Ambiente e Turismo afirmou, em S. Jorge, que o setor do turismo nos Açores "é já um dos principais motores de desenvolvimento económico, gerador de riqueza e de emprego, que chega também, e cada vez mais, a famílias que têm sabido aproveitar a dinâmica desta atividade”.

 

“Estamos a crescer mais em receitas do que em dormidas, com 95 milhões de euros em termos de proveitos totais na hotelaria tradicional em 2018”, destacou Marta Guerreiro, que falava quinta-feira na abertura do I Encontro Regional de Turismo dos Açores.

 

A titular da pasta do Turismo salientou que, acrescentando os números do Alojamento Local, os dados são ainda mais animadores, adiantando que “com base numa tarifa média relativamente contida do Alojamento Local, considerando o total das dormidas registadas, podemos chegar a uma estimativa das receitas nesta tipologia, em 2018, superiores a 15 milhões de euros, uma verdadeira fonte de rendimento direto para as famílias açorianas”.

 

  

Marta Guerreiro frisou que esta tipologia de alojamento “tem permitido gerar dinâmica, quer nas cidades e vilas, mas também em freguesias mais rurais ou mais afastadas dos grandes centros turísticos, não só ao nível do emprego que gera, mas também no impacto económico, quer direto, quer do que resulta para os restantes comerciantes, na maioria dos casos de pequena dimensão, na zona onde se inserem”.

 

“Esta componente da democratização do turismo e de dispersão territorial é imensamente importante”, realçou a governante, considerando que estes dados “se traduzem, na prática, em benefícios para as pessoas”.

 

Segundo a Secretária Regional, o setor do turismo, em 2017, já representava cerca de 12% da população empregada, contando com cerca de 6.000 colaboradores por conta de outrem em alojamento, restauração e similares, “o que comprova o já grande peso do turismo enquanto atividade económica de grande dinamismo”.

 

“Considerando o número de empregados de outras atividades, como a animação turística, as rent-a-car, já para não falar de várias áreas do comércio, que também beneficiam da dinâmica turística, ou mesmo do alojamento local, este peso seria, seguramente, muito superior”, acrescentou.

 

Na sua intervenção, a Secretária Regional destacou a “evolução muito favorável da taxa de sazonalidade”, na Hotelaria Tradicional, que, de 2013 para 2018, conseguiu “reduzir em oito pontos percentuais o peso que os meses de junho a setembro detinham em termos de dormidas, o que significa que se está a conseguir, gradualmente, assegurar maior rentabilidade às unidades hoteleiras nos meses mais baixos”.

 

O I Encontro Regional de Turismo dos Açores decorre até sábado, nas Velas, em S. Jorge, envolvendo a participação de cerca de 150 pessoas.

 

“Um trabalho cooperante, de auscultação, que também é o mote da realização deste Encontro, potenciando este contacto direto e trazendo a debate temas que se nos colocam atualmente, como desafios do nosso crescimento", afirmou Marta Guerreiro.

 

Nesse sentido, salientou o facto de o tema central deste Encontro ser precisamente 'Qualificação – Desafio para a Sustentabilidade do Turismo dos Açores', apresentando "um programa transversal a todas as nossas prioridades estratégicas, que vão desde a sustentabilidade do destino, a fiscalização, a qualificação e a valorização do setor, o combate à sazonalidade, os incentivos, a promoção externa ou, até mesmo, pensar nas abordagens a questões como 'O turismo dos Açores – 9 ilhas ou 1 destino?'”.

 

A titular da pasta do Turismo referiu ainda que deste Encontro “não vão sair apenas respostas, mas provavelmente ainda mais questões sobre o papel de cada entidade, de cada empresa, de cada pessoa, para que não impere a resignação face ao que já alcançámos, com a vontade de querermos mais e melhor”.

 

A Secretária Regional aproveitou a ocasião para deixar um agradecimento especial aos empresários "por acreditarem neste setor, por levarem o nome dos Açores mais longe, estando perto, estando no terreno, estando com aqueles que nos escolhem como destino de férias”.

Informação Adicional

  • Fonte: Gacs
 

 

Destaques

  • 1
  • 2
  • 3
 

Top Atlântida

1. MAROON 5
Girls Like You
2. DAVID GUETTA feat. SIA
Flames
3. IMAGINE DRAGONS
Natural
4. LADY GAGA feat. BRADLEY COOPER
Shallow
5. CALVIN HARRIS feat. SAM SMITH
Promises
6. CHEAT CODES feat. LITTLE MIX
Only You
7. LAUV
I like me better
8. TOM WALKER
Leave a light on
9. FREYA RIDINGS
Lost Without You
10. VITOR KLEY
O Sol

Últimas Notícias

 

Live Cam

Inquérito Atlântida

Já alguma vez doou sangue?

 

Pedido de Informações:

Contactos:

  (+351) 296201910
    (+351) 917209720
    (+351) 963232222
  geral@radioatlantida.net

Morada:

Rua Bento José Morais
nº23, Andar: 5º Sul
9500-772 Ponta Delgada
São Miguel – Açores