Radio Atlântida

segunda, 01 abril 2019 11:26

Caos instalado nas deslocações de utentes no Serviço Regional de Saúde, acusa Paulo Estevão

Caos instalado nas deslocações de utentes no Serviço Regional de Saúde, acusa Paulo Estevão RA

 O PPM Açores afirmou estar instalado o caos no âmbito das deslocações de utentes no Serviço Regional de Saúde.

O deputado monárquico, Paulo Estevão, falava, em conferência de imprensa, esta manhã, em São Miguel, onde denunciou que ainda não foi criado o Gestor do Utente Deslocado nos hospitais de Ponta Delgada e da Horta. 

O PPM tem conhecimento de várias queixas, principalmente, do Hospital Divino Espírito Santo, entre elas “a falta de planificação e a marcação precipitada das deslocações de doentes”.

 “A marcação das viagens dos doentes é realizada com muito pouco tempo de antecedência. Chega a ser realizada na véspera, mesmo as que dizem respeito a cirurgias. Nestas condições não é possível, em muitos casos, confirmar as deslocações devido à indisponibilidade de lugares nas ligações aéreas asseguradas pela SATA. Tudo tenderá a agravar-se com o início do verão”, denunciou Paulo Estevão. O deputado acrescenta, ainda, que “tenho casos documentados de utentes avisados com apenas dois dias de antecedência no âmbito da realização de cirurgias. Tenho casos documentados de doentes deslocados, que uma vez chegados ao Hospital não têm consulta marcada. Tenho casos documentados de doentes deslocados que aguardam semanas entre a realização de consultas e exames, sem que exista a menor tentativa de coordenar e agilizar a realização dos respetivos atos de forma mais eficiente e menos onerosa para os utentes e para o Serviço Regional de Saúde”. 

O regulamento para a criação daquele gestor foi aprovado em agosto de 2018 e tem como função “agilizar as deslocações dos utentes do Serviço Regional de Saúde, estabelecendo-se como interlocutor entre o hospital e as unidades de saúde de origem, assegurando uma eficiente e eficaz programação das deslocações”. 

O PPM exige, assim, que o Governo Regional crie o Gestor do Doente Deslocado. 

 “É urgente que o Governo Regional crie o serviço de coordenação previsto para o funcionamento eficaz do sistema: o Gestor do Utente Deslocado. As coisas tal como estão não podem continuar. A ineficácia do sistema cria o caos e prejudica gravemente os doentes, muitos deles idosos fragilizados, a quem a ansiedade criada por este tipo de situações cria graves problemas”, referiu o deputado.

Paulo Estevão salientou, ainda, que “o caso em apreço, a questão fundamental nem sequer é a crónica falta de recursos afetos ao Serviço Regional de Saúde. Trata-se de incompetência. De pura incompetência. O Governo Regional não consegue montar um serviço eficaz de coordenação das deslocações de doentes entre os hospitais e os centros de saúde, que ele próprio sinalizou como imprescindível na legislação que criou para o efeito”. 

 

Paulo Estevão frisou que no caso dos doentes deslocados das ilhas da Graciosa e São Jorge para o Hospital da Terceira não tem havido “referências negativas”.

 

Informação Adicional

  • Fonte: Rádio Atlântida
 

 

Destaques

  • 1
  • 2
  • 3
 

Top Atlântida

1. MAROON 5
Girls Like You
2. DAVID GUETTA feat. SIA
Flames
3. IMAGINE DRAGONS
Natural
4. LADY GAGA feat. BRADLEY COOPER
Shallow
5. CALVIN HARRIS feat. SAM SMITH
Promises
6. CHEAT CODES feat. LITTLE MIX
Only You
7. LAUV
I like me better
8. TOM WALKER
Leave a light on
9. FREYA RIDINGS
Lost Without You
10. VITOR KLEY
O Sol

Últimas Notícias

 

Live Cam

Inquérito Atlântida

Já alguma vez doou sangue?

 

Pedido de Informações:

Contactos:

  (+351) 296201910
    (+351) 917209720
    (+351) 963232222
  geral@radioatlantida.net

Morada:

Rua Bento José Morais
nº23, Andar: 5º Sul
9500-772 Ponta Delgada
São Miguel – Açores