Radio Atlântida

quarta, 20 março 2019 15:03

Governo Regional baixa valor das rendas de habitação a 174 famílias açorianas, permitindo poupança de 126 mil euros anuais

Governo Regional baixa valor das rendas de habitação a 174 famílias açorianas, permitindo poupança de 126 mil euros anuais Gacs

A Secretária Regional da Solidariedade Social anunciou hoje, em Ponta Delgada, que 174 famílias que vivem em casas da Região em regime de arrendamento com opção de compra terão as suas rendas mensais reduzidas, num valor que representa um total de 126 mil euros anuais.

 

Andreia Cardoso, que falava na apresentação dos concursos públicos para arrendamento com opção de compra, salientou que esta medida resulta de um processo de negociação com o Instituto da Habitação e da Reabilitação Urbana (IHRU) para adaptação de rendas aos regimes regionais.

 

“Estamos a falar de reduções que, em média, rondam os 21 por cento, mas podem atingir os 53 por cento. O valor médio de redução é de cerca de 52 euros mensais, mas, em alguns casos, poderá atingir 188 euros”, adiantou a Secretária Regional.

 

  

“Ao tornar as rendas mais acessíveis, o Governo dos Açores está, assim, a aumentar o rendimento mensal disponível destas famílias. A soma das 173 reduções de renda previstas com este acordo perfaz uma poupança de 10.500 euros mensais, ou seja, 126 mil euros anuais que ficam disponíveis para estas famílias”, acrescentou Andreia Cardoso.

 

As reduções abrangem inquilinos da Região que se situam maioritariamente nas freguesias da Maia, Livramento, Ribeira Seca e Arrifes, na ilha de São Miguel, e na freguesia de Santa Luzia, na ilha Terceira.

 

Na cerimónia de hoje, a Secretária Regional da Solidariedade Social presidiu à apresentação das 24 habitações para arrendamento com opção de compra que serão lançadas a concurso em sete ilhas dos Açores.

 

Os concursos destinam-se à atribuição de 15 apartamentos nas ilhas de São Miguel, Faial e Terceira, e nove moradias distribuídas pelas ilhas de Santa Maria, Graciosa, São Jorge, Flores e São Miguel, representando um investimento da Região de cerca de um milhão de euros.

 

“Com estes concursos, e após a atribuição destas habitações, totalizam-se quase 500 agregados familiares da Região Autónoma dos Açores a usufruir de uma habitação permanente, a rendas acessíveis, com a possibilidade de vir a adquirir a habitação”, frisou Andreia Cardoso.

 

Os fogos a atribuir destinam-se a habitação permanente, podendo a opção de compra ser exercida em qualquer momento, desde que decorrido um ano da data da assinatura do contrato de subarrendamento, sendo todas as rendas pagas pelas famílias até essa altura contabilizadas para esse efeito.

Informação Adicional

  • Fonte: Gacs
 

 

Destaques

  • 1
  • 2
  • 3
 

Top Atlântida

1. MAROON 5
Girls Like You
2. DAVID GUETTA feat. SIA
Flames
3. IMAGINE DRAGONS
Natural
4. LADY GAGA feat. BRADLEY COOPER
Shallow
5. CALVIN HARRIS feat. SAM SMITH
Promises
6. CHEAT CODES feat. LITTLE MIX
Only You
7. LAUV
I like me better
8. TOM WALKER
Leave a light on
9. FREYA RIDINGS
Lost Without You
10. VITOR KLEY
O Sol

Últimas Notícias

 

Live Cam

Inquérito Atlântida

Já alguma vez doou sangue?

 

Pedido de Informações:

Contactos:

  (+351) 296201910
    (+351) 917209720
    (+351) 963232222
  geral@radioatlantida.net

Morada:

Rua Bento José Morais
nº23, Andar: 5º Sul
9500-772 Ponta Delgada
São Miguel – Açores