Radio Atlântida

quarta, 20 fevereiro 2019 17:38

“Estamos a marcar uma posição incontornável na gestão da política da Paisagem”, afirma Marta Guerreiro

“Estamos a marcar uma posição incontornável na gestão da política da Paisagem”, afirma Marta Guerreiro Gacs

A Secretária Regional da Energia, Ambiente e Turismo afirmou que o Governo dos Açores está “a marcar uma posição incontornável na gestão da política de Paisagem”, destacando, como prova disso, o facto de a Paisagem da Cultura da Vinha do Pico ter ganho o Prémio Nacional de Paisagem 2018.

 

“Com estas políticas públicas de incidência territorial, damos passos firmes na preservação do nosso património natural e cultural, ao mesmo tempo que apostamos num desenvolvimento sustentado”, salientou Marta Guerreiro, explicando que, desde há cerca de duas décadas, se tem desenvolvido “uma panóplia de mecanismos de planeamento, gestão e ordenamento do território, em geral, e das áreas sensíveis em particular”.

 

A governante, que falava na cerimónia de entrega do Prémio Nacional da Paisagem 2018, promovida pelo Ministério do Ambiente, frisou a “enorme satisfação” pela Paisagem da Cultura da Vinha da ilha do Pico ter sido a vencedora, “o que muito nos orgulha” e faz com que os Açores, uma vez mais, “sejam distinguidos a nível nacional pela qualidade dos seus recursos e, simultaneamente, pelas políticas levadas a cabo pelo Governo Regional”.

 

  

Segundo a Secretária Regional, a Paisagem da Cultura da Vinha tem sido “o palco de um processo absolutamente extraordinário de implementação, com sucesso reconhecido, das políticas de ordenamento do território, de paisagem e de conservação da natureza”.

 

“Algo que só foi possível pela implementação de um vasto conjunto de políticas e medidas, ao longo dos últimos anos, que fizeram renascer e consolidar uma paisagem vitícola viva, com características únicas e com uma relevância económica e social cada vez maior”, frisou Marta Guerreiro, destacando a reabilitação do património edificado, por via das reconstruções de ruínas e da correção de dissonâncias arquitetónicas, bem como, por via da reconstrução e utilização de património público”.

 

O Museu do Vinho, a sede do Parque Natural, o Gabinete Técnico da Vinha, o Centro de Interpretação da Paisagem da Cultura da Vinha, ou a Casa dos Vulcões, que se prevê que entre em funcionamento já no próximo mês de maio, são alguns dos exemplos.

 

A titular da pasta do ambiente reforçou o trabalho do executivo açoriano relativamente aos sistemas de incentivos à manutenção e à reabilitação da paisagem tradicional da cultura da vinha em currais, fazendo com que um século e meio depois do declínio da atividade vitivinícola, o vinho do Pico voltasse “a entrar nos mercados externos e a ser um produto reconhecido internacionalmente”.

 

“Constitui-se como um produto turístico por excelência, podendo ser catalisador da economia local e regional, sendo capaz de atrair diversos segmentos de mercado, desde novos consumidores, aos mais experientes neste tipo de produtos”, referiu a governante, acrescentando que esta oferta turística deve ser divulgada, permitindo enriquecer os Açores “no mercado nacional e internacional, através de uma oferta que contemple experiências que envolvam e conciliem os nossos melhores produtos, entre degustações, passeios na natureza e visitas a adegas ou outras atividades, como workshops com chefes de cozinha, colheitas, feiras ou eventos temáticos, envolvendo todos os empresários ligados ao turismo”.

 

“No caso do Pico, sabemos que o enoturismo é um fator imprescindível de atração turística dos Açores e, salvaguardando-o, estaremos, simultaneamente, a defender e a preservar estes produtos vitivinícolas, conferindo-lhe maior autenticidade, e a incentivar o desenvolvimento contínuo do sector da restauração e hoteleiro, de crucial importância económica nos Açores”, sublinhou.

 

A Paisagem da Cultura da Vinha da Ilha do Pico sagrou-se vencedora de entre os 27 projetos de todo o país, fruto de um consenso do júri, pela sua qualidade e exemplo de uma correta implementação da Convenção Europeia da Paisagem, da Política Nacional de Arquitetura e da Paisagem e da Política de Ordenamento do Território dos Açores.

 

Será, ainda, a representante de Portugal na 6.ª edição (2018/2019) do Prémio da Paisagem do Conselho da Europa, que visa distinguir a implementação de uma política ou de medidas de proteção, gestão e/ou ordenamento da paisagem que constituam uma boa prática de sensibilização e participação pública.

Informação Adicional

  • Fonte: Gacs
 

 

Destaques

  • 1
  • 2
  • 3
 

Top Atlântida

1. MAROON 5
Girls Like You
2. DAVID GUETTA feat. SIA
Flames
3. IMAGINE DRAGONS
Natural
4. LADY GAGA feat. BRADLEY COOPER
Shallow
5. CALVIN HARRIS feat. SAM SMITH
Promises
6. CHEAT CODES feat. LITTLE MIX
Only You
7. LAUV
I like me better
8. TOM WALKER
Leave a light on
9. FREYA RIDINGS
Lost Without You
10. VITOR KLEY
O Sol

Últimas Notícias

 

Live Cam

Inquérito Atlântida

Já alguma vez doou sangue?

 

Pedido de Informações:

Contactos:

  (+351) 296201910
    (+351) 917209720
    (+351) 963232222
  geral@radioatlantida.net

Morada:

Rua Bento José Morais
nº23, Andar: 5º Sul
9500-772 Ponta Delgada
São Miguel – Açores