Radio Atlântida

segunda, 11 fevereiro 2019 10:12

Igualdade de género está melhor nos Açores do que no continente, diz a presidente da ACEESA

Igualdade de género está melhor nos Açores do que no continente, diz a presidente da ACEESA ACEESA

Nos Açores, o ganho médio mensal é de cerca de 15,23%, ficando abaixo dos dados de Portugal Continental que era, em 2017, de 17,5%. Os números foram avançados, à Atlântida, pela presidente da ACEESA- Associação Centro de Estudos de Economia Solidária do Atlântico. 

 

Apesar da disparidade salarial ser melhor na região do que no continente, ainda existe discriminação por parte de vários setores da sociedade.  

 

Verifica-se, ainda, que há pessoas mais bem qualificadas nos quadros superiores. Contudo, apesar de haver mais mulheres a trabalhar em altos cargos, há uma diferença salarial entre homens e mulheres com as mesmas funções. 

 

“Temos mais mulheres a trabalhar em quadros superiores, contudo, os homens continuam a ganhar mais naqueles quadros do que as mulheres, à volta de 550 euros de diferença” revelou Catarina Borges, acrescentando que “isso continua a ser o ‘calcanhar de Aquiles’ que urge trabalhar”. A presidente da ACEESA acrescenta que “em situações de trabalhos iguais, eles ganham mais que as mulheres”, adiantando que “continuamos a ter a segregação de profissões”, explicando que “as mulheres estão em maioria nas atividades de saúde e educação, os homens estão em minoria, contudo, quando vamos estudar o setor da construção civil, são eles que estão em grande maioria, cerca de 80%”. 

 

Catarina Borges falava no âmbito da 8.ª edição do ciclo de Laboratórios de Igualdade, que vai decorrer, pela primeira vez, no arquipélago, a 21 e 22 de fevereiro.

 

A responsável salientou, também, que existem profissões mais direcionadas para mulheres e outras para homens. 

 

Catarina Borges diz que as mulheres continuam a estar nas profissões mais mal pagas. Desequilíbrio na conciliação entre trabalho e família é outra das diferenças existentes entre os dois sexos.

 

Neste sentido, realiza-se esta ação de formação da responsabilidade da CITE – Comissão para a Igualdade no Trabalho e Emprego, com a colaboração da CRITE – Comissão Regional para a Igualdade no Trabalho e no Emprego nos Açores, inserida no projeto “Valorização, Igualdade de Género em Contexto de Trabalho – Organizações mais Inclusivas”, promovido pela ACEESA, com o apoio do Governo Regional. 

 

Esta iniciativa tem diversas finalidades como revelou a presidente da ACEESA.

 

“Este ciclo de ‘Laboratório de Igualdade’ tem por objetivo trabalhar a dimensão da igualdade no trabalho e no emprego; combater a segregação das profissões e eliminar a discriminação entre homens e mulheres no mercado de trabalho”, disse a responsável. Catarina Borges refere que “queremos que, neste ciclo, se capacite pessoas de diversas entidades, no âmbito da operacionalização das suas políticas e das práticas organizacionais em matéria de igualdade no trabalho, proporcionando conhecimentos e instrumentos facilitadores para o desenvolvimento das suas competências nas organizações”. A presidente disse que “ queremos que pessoas e organizações se conheçam, tenham acesso e saibam trabalhar os instrumentos e políticas que estão ao dispor para que se consiga levar avante a efetiva igualdade de género no mercado de trabalho”. 

 

“A Situação do Mercado de Trabalho”; “Enquadramento Concetual da Igualdade”; “Instrumentos e Estratégias de Intervenção para a Igualdade”; e “Apresentação e Avaliação dos Resultados” são os quatro laboratórios formativos que vão ser ministrados por Maria do Rosário Fidalgo e Ana Margarida Vieira, da CITE, e por Amanda Tavares, da CRITE.

 

Conta com a presença de diversas entidades governamentais e não governamentais, tais como autarquias, algumas direções regionais, Inspeção Regional do Trabalho, centros de saúde, escolas profissionais, empresas privadas, entre outras. 

 

Quanto à importância da iniciativa, Catarina Borges afirma que “tem toda a importância”, explicando que “só pela informação é que se consegue ter um progresso nessas áreas e quanto mais se refletir, falar, debater e mostrar casos e depois das pessoas começarem a ver apercebem-se que é tão óbvio e que não faz sentido existir esse gafe”.

 

A 8.ª edição do ciclo de Laboratórios de Igualdade vai decorrer a 21 e 22 de fevereiro, na Cresaçor – Cooperativa Regional de Economia Solidária, em Ponta Delgada. 

Informação Adicional

  • Fonte: Rádio Atlântida
 

 

Destaques

  • 1
  • 2
  • 3
 

Top Atlântida

1. MAROON 5
Girls Like You
2. DAVID GUETTA feat. SIA
Flames
3. IMAGINE DRAGONS
Natural
4. LADY GAGA feat. BRADLEY COOPER
Shallow
5. CALVIN HARRIS feat. SAM SMITH
Promises
6. CHEAT CODES feat. LITTLE MIX
Only You
7. LAUV
I like me better
8. TOM WALKER
Leave a light on
9. FREYA RIDINGS
Lost Without You
10. VITOR KLEY
O Sol

Últimas Notícias

 

Live Cam

Inquérito Atlântida

Já alguma vez doou sangue?

 

Pedido de Informações:

Contactos:

  (+351) 296201910
    (+351) 917209720
    (+351) 963232222
  geral@radioatlantida.net

Morada:

Rua Bento José Morais
nº23, Andar: 5º Sul
9500-772 Ponta Delgada
São Miguel – Açores