Imprimir esta página
quinta, 20 dezembro 2018 15:03

Greve dos trabalhadores da RIAC com adesão superior a 60%, diz SINTAP/Açores

A greve dos trabalhadores da RIAC - Rede Integrada de Apoio ao Cidadão dos Açores, que decorre hoje e amanhã, registou, esta manhã, uma adesão superior a 60%.

Contudo os dados do Governo Regional são bem diferentes, pois afirma que a adesão à paralisação é de 17%.

 

Segundo Orlando Esteves, do Sintap Açores, das 54 lojas existentes na região, 32 encontram-se fechadas.

 

"A greve está a correr muito bem, acima dos 60%, e posso dizer que das 54 lojas que existem nos Açores, 32 encontram-se fechadas e se não há mais lojas fechadas é porque a RIAC está a utilizar os trabalhadores integrados nos programas ocupacionais e, por isso, é que não encerrou mais lojas", refere o sindicalista.

 

O responsável espera que com esta nova paralisação, o Governo Regional tenha uma abertura diferente e respeito pelos trabalhadores.

 

"Estamos num país democrático e, deste modo, esperamos que haja abertura do Governo Regional e respeito por estes trabalhadores", afirma o sindicalista, acrescentando que "o que exigimos é a negociação para que, à mesa, possamos falar e expor as razões, quer dos trabalhadores da RIAC, quer da vice-presidência, pois não somos um sindicato fechado, mas de diálogo, uma vez que a nossa postura em qualquer área é essa, a do diálogo que, da parte do executivo açoriano, não estamos a ver isso, por isso vamos continuar a nossa luta e, em 2019, se for preciso, continuar com greves e outras formas de luta".

 

Segundo Orlando Esteves, amanhã, segundo dia de greve, os números de adesão serão os mesmos ou até superiores.

 

Recorde-se que os trabalhadores da RIAC nos Açores alegam “falta de diálogo" com o Governo Regional. A rede RIAC tem cerca de 130 trabalhadores espalhados pelas nove ilhas do arquipélago.

 

 

Informação Adicional

  • Fonte: Rádio Atlântida

Itens relacionados