Imprimir esta página
quinta, 13 dezembro 2018 11:12

Governo dos Açores investe 900 mil euros no reforço do abastecimento e armazenamento de água no Pico

Governo dos Açores investe 900 mil euros no reforço do abastecimento e armazenamento de água no Pico Gacs

O Secretário Regional da Agricultura e Florestas afirmou, na Assembleia Legislativa, que o investimento de cerca de 900 mil euros no reforço do abastecimento e armazenamento de água na ilha do Pico demonstra bem o empenho e a determinação do Governo dos Açores em proporcionar melhores condições de trabalho, reduzir os custos de exploração e melhorar o rendimento dos agricultores.

 

“Todos os investimentos em curso ou concluídos recentemente, mais o que foram feitos nos últimos anos, dão bem nota da atenção, empenho e determinação do Governo Regional em melhorar o abastecimento e reforçar o armazenamento de água na ilha do Pico”, frisou João Ponte, que falava quarta-feira no debate de um Projeto de Resolução do PSD sobre o aumento da capacidade de aproveitamento, reserva e distribuição de água para a agropecuária.

 

O titular da pasta da Agricultura adiantou ainda que a IROA vai avançar no próximo ano com obras para reforço do abastecimento de água na zona do Chã Verde, em São Roque do Pico, e nas Cabecinhas, nas Lajes do Pico, a partir da Lagoa do Capitão, duas ampliações da rede que vão permitir reforçar a capacidade de fornecimento de água à pecuária em dois concelhos da ilha.

   

“Está também em estudo a captação de água na Lagoa do Paul das Lajes para abastecimento à pecuária. Do ponto de vista económico é uma boa solução. Se conseguirmos implementá-la, vamos resolver de uma vez por todas a carência de água à agricultura no concelho das Lajes do Pico”, disse João Ponte aos deputados, acrescentando que estão em curso as obras de captação de água no furo do Cabeço Pequeno, que permitirá dar resposta às necessidades de água no concelho da Madalena.

 

O governante salientou ainda o facto de estar aberto até 21 de janeiro um aviso, no âmbito do PRORURAL+, com uma dotação de 1,5 milhões de euros, para financiar o investimento dos agricultores ao nível do armazenamento de água nas explorações.

 

João Ponte destacou o facto de 30% do investimento previsto no Plano para 2019, no que diz respeito a infraestruturas agrícolas, estar orientado para o reforço do abastecimento de água e o facto de estarem a ser estudadas as necessidades de água para o setor agrícola em várias ilhas.

 

“Esta é mais uma prova de que a Região está a trabalhar num conjunto de documentos estratégicos para o futuro, num conjunto de investimentos que será necessário fazer nos próximos anos para garantir o abastecimento regular de água à agricultura nos Açores”, afirmou o Secretário Regional, acrescentando que este ano, um dos piores da última década devido à seca, não se registaram situações de rutura no abastecimento de água, muito devido aos 26 milhões de euros de investimentos que foram realizados na última década, permitindo que 40% dos agricultores já tenham água nas suas explorações.

Informação Adicional

  • Fonte: Gacs

Itens relacionados