Imprimir esta página
quarta, 07 novembro 2018 17:32

“Nunca tivemos tanta gente empregada desde 2008 e desvalorizar esse facto é desrespeitar o esforço dos Açorianos”, afirma PS/A

O número de empregos que existe nos Açores é o segundo maior de sempre e este é um facto que não pode, nem deve, ser ignorado sob pena de se desvalorizar todo o empenho de quem está a criar emprego na Região. O Grupo Parlamentar do PS/Açores condena a análise oportunista que se faz dos dados divulgados pelo Instituto Nacional de Estatística (INE) sobre o emprego e desemprego na Região.

 

No terceiro trimestre de 2018 registaram-se 112.893 pessoas empregadas nos Açores, o que representa um aumento homólogo de 0,5% e em cadeia de 0,7%, o que se traduz no segundo maior valor registado de pessoas empregadas. Simultaneamente, a população ativa também registou o maior valor de sempre nos Açores, o que indica o dinamismo que se vive na economia Açoriana.

 

No entanto, neste trimestre, o mercado de trabalho não teve capacidade para incluir todas as pessoas que ficaram disponíveis para trabalhar, no período em análise. Com a população ativa a crescer mais do que a população empregada, a redução do desemprego que se vinha a registar consecutivamente desde há 16 trimestres homólogos, teve uma quebra de 0,5 pontos percentuais.

A redução do desemprego e a criação de mais emprego, com qualidade e segurança, continuam a ser prioridades para o Partido Socialista e para as empresas e os empresários dos Açores, que em muito têm contribuído para o crescimento da economia Açoriana.

Informação Adicional

  • Fonte: Grupo Parlamentar do Partido Socialista

Itens relacionados