Radio Atlântida

sexta, 19 outubro 2018 14:06

João Ponte assegura que o setor agrícola continua a ser prioritário para o Governo dos Açores

O Secretário Regional da Agricultura e Florestas afirmou hoje, em São Miguel, que o reforço de cinco milhões de euros na componente de verbas próprias da Região, no Plano para 2019, no que diz respeito à agricultura, dá bem nota de que o setor continua a ser uma prioridade para o Governo dos Açores.

 

“É uma garantia de que o setor agrícola continua a ser prioritário e demonstra a determinação do Governo dos Açores em manter um forte investimento público num dos principais setores da economia regional, com impacto no crescimento económico e na coesão territorial”, frisou João Ponte, acrescentando que o aumento de verbas proposto está muito acima das percentagens de aumento verificado noutros setores de atividade.

 

O governante falava na entrega do prémio 'Produtor Excelente 2017', organizado desde 2005 pela Associação de Jovens Agricultores Micaelenses, que este ano distinguiu cerca de 700 agricultores pela boa qualidade do leite produzido nas suas explorações.

  

Dirigindo-se aos jovens agricultores, João Ponte disse que eles são o rosto do rejuvenescimento do setor e que o espirito empreendedor e motivação que demonstram em vencer desafios dá garantias de que o setor agrícola continuará a ter futuro.

 

O titular da pasta da Agricultura destacou que os bons indicadores registados no setor agrícola resultam das políticas públicas, mas também das apostas feitas pelos agricultores ao nível da modernização e da melhoria da eficiência das explorações leiteiras, da aposta na genética e do recurso ao contraste leiteiro.

 

“É imperativo continuar a aposta na modernização das infraestruturas agrícolas, de modo a que os agricultores tenham melhores condições de trabalho e consigam reduzir custos de produção”, defendeu João Ponte, acrescentando que, “nos últimos anos, a eletrificação das explorações permitiu que cerca de 50% do leite produzido em São Miguel seja refrigerado, com impactos muito positivos ao nível do rendimento dos produtores”.

 

Apesar dos bons resultados alcançados, João Ponte reconheceu que não está tudo feito, apontando como exemplo o preço do leite pago ao produtor, considerando ser da mais elementar justiça que aumente.

 

“Vamos continuar a fazer aquilo que compete ao Governo: trabalhar para criar melhores condições aos agricultores, disponibilizar instrumentos, sejam técnicos ou financeiros, para continuar a modernizar o setor agrícola e apoiar a indústria a acrescentar valor às suas produções”, frisou, salientando que produzir com mais qualidade, apostar em produtos diferenciadores, que tragam mais valor acrescentado, e conquistar novos mercados são objetivos permanentes

.

João Ponte indicou que, só no atual quadro comunitário, foram aprovadas 143 candidaturas para a instalação de jovens agricultores, com uma despesa pública de 5,4 milhões de euros, enquanto que, no que se refere à modernização das explorações agrícolas, foram aprovados 640 projetos, num investimento superior a 73 milhões de euros.

 

“Registamos no PRORURAL+ uma elevada taxa de compromisso, em particular na medida do investimento nas explorações agrícolas, daí que o Governo Regional pretende solicitar à Comissão Europeia, no âmbito da transição entre quadros, a abertura de um aviso para permitir que até 2020 os agricultores possam assegurar o cofinanciamento, já pelo novo quadro, dos investimentos que, entretanto, pretendem realizar”, revelou João Ponte.

 

Relativamente à Política Agrícola Comum (PAC) no período 2021 – 2027, o governante frisou que é importante assegurar o financiamento justo e adequado para fazer face às expetativas dos agricultores açorianos, sendo que o Governo dos Açores tem defendido e tudo tem feito para que assim aconteça.

 

João Ponte anunciou ainda o pagamento da antecipação de várias ajudas comunitárias, o que permitirá aliviar a pressão na tesouraria das explorações agrícolas dos Açores.

 

“Como tem sido habitual, no final deste mês será paga a antecipação das ajudas comunitárias do PRORURAL+ e também do POSEI, com uma novidade este ano, que inclui a antecipação de 70% do prémio ao abate referente aos primeiros seis meses do ano e do designado 1$25”, adiantou João Ponte, acrescentando que o valor total a pagar será “muito significativo”.

Informação Adicional

  • Fonte: Gacs
 

 

Destaques

  • 1
  • 2
  • 3
 

Top Atlântida

1. TOM WALKER
Leave a Light On
2. CALVIN HARRIS feat. SAM SMITH
Promises
3. DAVID GUETTA feat. SIA
Flames
4. MAROON 5
Girls Like You
5. ZEDD feat. MAREN MORRIS & GREY
The Middle
6. FREYA RIDINGS
Lost Without You
7. L'ARTISTE feat. CAROLIINA
Mafiosa
8. JUICE WRLD
Lucid Dreams
9. JESS GLYNNE
All I Am
10. RUDIMENTAL feat. JESS GLYNNE, MACKLEMORE & DAN CAPLEN
These Days

Últimas Notícias

 

Live Cam

Inquérito Atlântida

Já alguma vez doou sangue?

 

Pedido de Informações:

Contactos:

  (+351) 296201910
    (+351) 917209720
    (+351) 963232222
  geral@radioatlantida.net

Morada:

Rua Bento José Morais
nº23, Andar: 5º Sul
9500-772 Ponta Delgada
São Miguel – Açores