Radio Atlântida

segunda, 29 janeiro 2018 13:12

“O tempo é de cerrar fileiras” em defesa das políticas de Coesão e Agrícola Comum, defende Vasco Cordeiro

“O tempo é de cerrar fileiras” em defesa das políticas de Coesão e Agrícola Comum, defende Vasco Cordeiro Gacs

O Presidente do Governo dos Açores defendeu, em Bruxelas, a urgência de se “cerrar fileiras” na defesa da Política de Coesão e da Política Agrícola Comum para o período após 2020, tendo em conta o cenário de redução de financiamento comunitário devido à saída do Reino Unido da União Europeia (Brexit).

 

“Temos, neste momento, um cenário em que a União Europeia perderá recursos com o 'Brexit' e, simultaneamente, quer aumentar a despesa para novas políticas em áreas como as migrações e o sistema europeu de defesa”, salientou Vasco Cordeiro, que hoje se reuniu com o negociador-chefe da Comissão Europeia para a preparação e condução das negociações com o Reino Unido sobre o 'Brexit', Michel Barnier.

 

Em declarações aos jornalistas no final do encontro, o Presidente do Governo preconizou que, pela sua dimensão, esta não é uma preocupação que diga apenas respeito aos Açores, sendo este o “tempo de, claramente, cerrar fileiras em defesa destas duas políticas”.

 

 

“Em 2016, cerca de 90 por cento dos fundos que Portugal recebeu foram legitimados pela Política de Coesão e pela Política Agrícola Comum. Se quisermos ter um quadro mais impressivo desta realidade, se virmos o Acordo de Parceria para 2014-2020, constatámos que cerca de 99 por cento dos fundos destinados ao nosso país têm a ver” com estes dois instrumentos de financiamento comunitário, frisou.

 

“Estes dados dão bem nota da urgência e da importância desta questão”, alertou Vasco Cordeiro, ao salientar que “todas as diligências que possam ser feitas nesta matéria são muito bem-vindas”.

 

Nesta reunião, Vasco Cordeiro, que também preside à Conferência das Regiões Periféricas e Marítimas da Europa (CRPM), alertou, por outro lado, para a necessidade da UE manter os mecanismos de cooperação com as regiões que fazem parte do Reino Unido após a concretização do 'Brexit'.

 

“Michel Barnier é profundo conhecedor da política regional e está sensibilizado para estas questões”, considerou Vasco Cordeiro, acrescentando que encontrou uma “grande lucidez e uma grande consciência em relação a estas matérias” que envolvem as regiões europeias no período após 2020.

 

O Presidente do Governo dos Açores assume, desde setembro de 2014, a Presidência da CRPM, organização de cooperação inter-regional que integra cerca de 160 regiões de 28 estados europeus, agregando cerca de 200 milhões de cidadãos.

 

Esta organização tem por missão a defesa dos interesses dos seus membros junto de instituições nacionais e europeias, através da promoção da coesão económica, social e territorial e do poder regional na Europa, bem como do reforço da dimensão periférica e marítima da Europa.

Informação Adicional

  • Fonte: Gacs
 

 

Destaques

  • 1
  • 2
  • 3
 

Top Atlântida

1. Ed Sheeran
Perfect
2. Portugal. The Man
Feel it still
3. Liam Payne feat. Rita Ora
For You
4. P!nk
Beautiful Trauma
5. Rudimental feat. Jess Glynne, Macklemore & Dan Caplen
These Days
6. James Arthur
Naked
7. Ofenbach
Katchi
8. Camila Cabello
Never be the same
9. Fingertips
My Everyday
10. Imagine Dragons
Whatever it takes

Últimas Notícias

 

Live Cam

Inquérito Atlântida

Já alguma vez doou sangue?

 

Pedido de Informações:

Contactos:

  (+351) 296201910
    (+351) 917209720
    (+351) 963232222
  geral@radioatlantida.net

Morada:

Rua Bento José Morais
nº23, Andar: 5º Sul
9500-772 Ponta Delgada
São Miguel – Açores