Radio Atlântida

terça, 28 novembro 2017 20:37

Estratégias de promoção e prevenção em saúde são prioridade em 2018 para obtenção de ganhos a médio e longo prazo

Estratégias de promoção e prevenção em saúde são prioridade em 2018 para obtenção de ganhos a médio e longo prazo Gacs

O Secretário Regional da Saúde destacou hoje, na Horta, a promoção e a prevenção em saúde como prioridades do setor nas propostas de Plano e Orçamento da Região para 2018.

 

“Esta estratégia global de promoção de hábitos de vida saudáveis e de prevenção estabelece a importância central dos cuidados de saúde primários no Serviço Regional de Saúde, retirando assim a pressão sobre os cuidados hospitalares e, no futuro, potencia ganhos individuais em saúde”, frisou Rui Luís, numa intervenção na Assembleia Legislativa.

 

Entre os programas a implementar e a reforçar, o titular da pasta da Saúde destacou o Programa Regional para a Promoção da Alimentação Saudável, o Fórum Regional do Álcool e da Saúde, a alteração do regime jurídico da venda e consumo de bebidas alcoólicas na Região e o Programa Prevenir em Família e na Comunidade.

 

Na sua intervenção, o Secretário Regional salientou que haverá uma aposta concertada em ações que, promovendo hábitos de vida saudáveis, contribuam para a problemática dos “comportamentos aditivos e dependências, privilegiando a temática do tabaco e do álcool”.

 

Rui Luís destacou ainda a acessibilidade aos cuidados de saúde, com a melhoria do acesso a consultas e exames, através do aperfeiçoamento do regulamento para deslocação de especialistas e da figura do Gestor da Deslocação de Doentes, a decorrer, como projeto experimental, entre o Hospital de Santo Espirito da Ilha Terceira e as unidades de saúde de ilha da Graciosa e de São Jorge.

 

No que se refere à redução dos tempos de espera para cirurgia, o Secretário Regional destacou a importância da maximização dos tempos dos blocos, do alargamento da produção acrescida para 35% e do programa Cirurge.

 

“Até outubro, a produção cirúrgica aumentou 7,5% relativamente a igual período de 2016, tendo-se vindo a verificar uma diminuição gradual dos tempos de espera em lista, situação que será impulsionada pelo reforço significativo das verbas no programa Cirurge no ano de 2018”, frisou.

 

O Secretário Regional da Saúde realçou ainda que a “melhoria continua” e o “desenvolvimento sustentável” se alicerçam na beneficiação de infraestruturas, mas também na fixação e formação de recursos humanos.

 

Entre os investimentos previstos para 2018 constam a empreitada do Bloco C do Hospital da Horta, a remodelação do serviço de urgência e ambulatório no Hospital do Divino Espírito Santo, a intervenção no Centro de Saúde das Velas e no Centro de Saúde da Calheta, bem como a beneficiação do Centro de Saúde das Lajes do Pico.

 

As áreas da Saúde e da Proteção Civil concentram para o ano de 2018 um investimento público na ordem dos 34,2 milhões de euros.

Informação Adicional

  • Fonte: Gacs
 

 

Destaques

  • 1
  • 2
  • 3
 

Top Atlântida

1. Ed Sheeran
Perfect
2. Portugal. The Man
Feel it still
3. Liam Payne feat. Rita Ora
For You
4. P!nk
Beautiful Trauma
5. Rudimental feat. Jess Glynne, Macklemore & Dan Caplen
These Days
6. James Arthur
Naked
7. Ofenbach
Katchi
8. Camila Cabello
Never be the same
9. Fingertips
My Everyday
10. Imagine Dragons
Whatever it takes

Últimas Notícias

 

Live Cam

Inquérito Atlântida

Já alguma vez doou sangue?

 

Pedido de Informações:

Contactos:

  (+351) 296201910
    (+351) 917209720
    (+351) 963232222
  geral@radioatlantida.net

Morada:

Rua Bento José Morais
nº23, Andar: 5º Sul
9500-772 Ponta Delgada
São Miguel – Açores