Radio Atlântida

sexta, 15 setembro 2017 09:52

Marinha cede motores para equipar a embarcação histórica “ESPALAMACA”

Marinha cede motores para equipar a embarcação histórica “ESPALAMACA” Autoridade Marítima Nacional

A Marinha Portuguesa cedeu a título gratuito os motores da embarcação salva-vidas “Sota Patrão António Crista”, para equipar a embarcação histórica “Espalamaca”, a qual faz parte do imaginário marítimo do ilhéu das gentes do triângulo, em particular do Faial e do Pico. 

A embarcação salva-vidas foi recentemente abatida e a cedência dos seus motores surge na sequência de uma solicitação feita pela Associação dos Amigos do Canal.

 

O salva-vidas “Sota Patrão António Crista” será rebocado hoje, dia 15 de setembro, para os estaleiros de construção naval de Santo Amaro do Pico, onde terá lugar a transferência física dos motores. Está previsto iniciar as operações pelas 08h00 no porto da Horta e, com a colaboração da lancha da baleia “Walkiria”, chegar a Santo Amaro do Pico pelas 12h00.

 

A embarcação salva-vidas “Sota Patrão António Crista”, UAM 666, foi construída pelo Arsenal do Alfeite, sob o n.º C111, lançada à água em 16 de novembro de 1977 e concluída em 10 de abril de 1978.

 

Foi construída com autorização da Guarda Costeira Norte-americana, entidade que desenvolveu o projeto dos salva-vidas da classe “Waveney”.

 

Com o seu casco em aço, media cerca de 13,5 metros e tinha um deslocamento máximo de 18 toneladas. Estava equipada com dois motores de 250 bhp que permitiam uma velocidade máxima teórica de 13 nós.

 

Foi o primeiro salva-vidas de grande capacidade a estar ao serviço nas ilhas do triângulo.Durante o seu tempo de serviço participou em diversas ações de salvamento e em situações de emergência, de entre as quais se destacam a participação no combate ao incêndio na embarcação “Terra Alta”, em 1978, e no encalhe do “CP Valour”, em 2005.

 

Foi abatida ao efetivo em 16 de agosto de 2017.

 

Sobre o seu valoroso patrono é importante que recordemos: António Rodrigues Crista, nasceu em Matosinhos, em 1898.

 

Um Homem do mar, tão destemido como conhecedor, merecedor de todo o reconhecimento por uma carreira feita de abnegação, que de resto teve ainda em vida, mas senhor duma humildade que nunca despiu, como é próprio dos verdadeiros heróis.

 

> Enquanto tripulante de embarcações salva-vidas participou em dezenas de resgates, de entre os quais os mais relevantes são o salvamento da tripulação do lugre dinamarquês “Felix”, naufragado em 1922, a participação no naufrágio do “Gauss” e no naufrágio do “Inga I”, sempre ao serviço do Posto de Socorros a Náufragos de Leixões, onde teve um papel relevante no violento temporal que assolou a área portuária, em 27 e 28 de janeiro de 1937.

Informação Adicional

  • Fonte: Autoridade Marítima Nacional
 

 

Destaques

  • 1
  • 2
  • 3
 

Top Atlântida

1. Ed Sheeran
Perfect
2. Fingertips
My Everyday
3. P!nk
What About Us
4. Camila Cabello feat. Young Thug
Havana
5. James Arthur
Naked
6. Portugal. The Man
Feel It Still
7. Sam Smith
Too Good At Goodbyes
8. Clean Bandit feat. Julia Michaels
I Miss You
9. Coldplay
Miracles (ft Big Sean)
10. Zayn ft. Sia
Dusk Till Dawn

Últimas Notícias

 

Live Cam

Inquérito Atlântida

Já alguma vez doou sangue?

 

Pedido de Informações:

Contactos:

  (+351) 296201910
    (+351) 917209720
    (+351) 963232222
  geral@radioatlantida.net

Morada:

Rua Bento José Morais
nº23, Andar: 5º Sul
9500-772 Ponta Delgada
São Miguel – Açores